Colchão adequado para prevenir dor nas costas

Mulher deitada no colchão

Qual é o melhor colchão?

O melhor colchão é aquele que está no seu prazo de validade. Um colchão de espuma, por exemplo, tem a durabilidade de 5 anos, já o de mola tem a durabilidade entre 8 e 10 anos. Se seu colchão já passou desses prazos, está na hora de trocar. Afinal, isso pode ser a causa das suas dores na coluna. Mas se seu colchão já passou do prazo de troca e você não sente nenhuma dor, é muito importante que você troque, para prevenir

Além disso, é muito importante testar se o colchão tem a resistência adequada para o seu corpo, se é macio demais ou se é firme demais. Um colchão adequado tem que ser de acordo com o peso da pessoa. Ou seja, uma pessoa leve não tem o mesmo tipo de conforto que uma pessoa pesada.

Os colchões de espuma você consegue comprar de acordo com o seu peso e a densidade adequada, já o colchão de molas tem 3 variações: ou ele é firme, médio ou muito macio, e cada peso tem sua resistência.

Por que investir em um bom colchão?

Uma pesquisa científica em 2003 e outra em 2015 comprovou e se certificou que um colchão muito duro ou muito mole não dá uma boa noite de sono e pode provocar dores nas costas. Por exemplo: quando o marido é mais pesado que a esposa, a preferência do colchão é para ele, mas se a esposa tiver problemas na coluna a preferência será dela.

Outros fatores para uma boa noite de sono

A posição de dormir pode causar essas dores nas costas. Muitas pessoas possuem o hábito de dormir de barriga para baixo, o que causa uma sobrecarga na lombar e no pescoço. Também tem pessoas que dormem de barriga para cima, onde ocorre tensão na curvatura da lombar e sobrecarrega os tecidos. Dê preferência para dormir na posição de lado, é a posição mais neutra para sua coluna e articulações, permitindo assim, que o seu corpo descanse.

Entretanto, muitas pessoas que possuem o colchão adequado e dormem na posição certa ainda sentem o desconforto na coluna. Neste caso, o erro pode estar no travesseiro, pois não encaixa de forma adequada. O ideal é além de apoiar a cabeça, ele precisa “vestir” o seu pescoço também.

O travesseiro entre os joelhos ajuda?

Para algumas pessoas sim e para outras não, afinal, isso não é uma regra. Se você colocou o travesseiro entre os joelhos e te deu um conforto e você gostou, pode continuar utilizando. Mas caso você não tenha sentido diferença e ele te incomode, pode retirar.

Se depois de todas essas mudanças as dores nas costas permanecerem, você precisa passar em um profissional para te avaliar e trata a causa de sua dor. Entre em contato conosco para buscarmos uma solução para o seu problema e colocarmos um fim em suas dores.