Os principais grupos de risco para as dores no pescoço

A coluna cervical possui ampla flexibilidade, conseguimos fazer movimentos de girar o pescoço, olhar para cima, olha para baixo, por exemplo.

Como em toda coluna, a cervical também possui o disco intervertebral, auxiliando na mobilidade e atuando como uma espécie de “amortecedor” do conjunto de vértebras. Com o passar do tempo, pode sofrer graus variáveis de degeneração. O resultado desse fenômeno pode ser a causa da dor na coluna cervical.

Qualquer pessoa pode sofrer com a dor no pescoço, mas existem grupos específicos que estão mais suscetíveis ao acometimento pelo problema.

  • Pessoas que trabalham em desvantagem postural;
  • Pessoas que sofrem constantemente com tensões emocionais;
  • Pessoas sedentárias;
  •  Pessoas que trabalham em computadores, sem pausa e com monitores em posição inadequada.

Se você faz parte de um desses grupos ou se tem dor na coluna cervical que não melhora, procure um profissional qualificado para poder te orientar.

Mantenha-se sempre ativo e não deixe para depois.

Entre em contato conosco!

(11) 4805 – 4656

(11) 97090 – 4410