Alongamento para alívio de dores nas pernas

Aliviar dor na perna

O alongamento parece ser sempre uma solução para quem sofre com dores. Sejam elas na coluna, nas pernas ou nos ombros. Mas será que é realmente indicado fazer esses exercícios pra aliviar ou eles apenas camuflam essa dor e causam efeito rebote?

Dor na perna

Primeiramente, é preciso entender que a dor irradiada para a perna pode ser por COMPRESSÃO e/ou INFLAMAÇÃO do nervo que sai da coluna e desce pela perna.

Sendo assim, essa dor tem como sintoma principal:

  • Dor num trajeto na perna, formigamento ou dormência na perna afetada.
  • Sensação de fisgada, facada geralmente no glúteo ou em alguma parte da perna.
  • Dificuldade para movimentar o corpo principalmente dobrar a coluna pra colocar meia, sapato, enxugar a perna no banho, dirigir, etc.

Geralmente, os pacientes começam sentindo uma dor na lombar, e conforme o problema evolui, a dor

vai descendo para glúteo, coxa, panturrilha e pé, e diminui na lombar.

Devo fazer alongamento quando sinto essa dor?

Não. Nesses casos, o indicado não é fazer alongamento, que como dito anteriormente pode camuflar um problema maior ou desencadear mais dores. Mas então o que devo fazer?

1- Procurar um profissional especialista em coluna.

2- Medicação, se for indicado, é somente por curto prazo.

3- Se a dor não passar em até 12 semanas, procure um fisioterapeuta especialista em coluna – ele tem várias ferramentas para descomprimir o nervo e fortalecer: suas costas, a coluna, abdômen, os glúteos e as suas pernas.

Depois do tratamento continue fazendo exercício com orientações do seu fisioterapeuta por prazo indeterminado.

Você precisa da sua coluna – cuide dela!

E, claro, conte com a gente neste processo.