Dores no pescoço: como aliviar

Mulher com as duas mãos no pescoço, sinalizando dor

As dores no pescoço são queixas muito comuns em nossas consultas e fora delas. Muitas dessas pessoas que sentem essa dor passam por esse incômodo por toda a vida simplesmente porque nunca receberam a informação adequada. Além disso, elas adotaram posturas erradas e permanecem sem saber que essa pode ser a causa de suas dores no pescoço.

Aqui, no ITC VERTEBRAL JUNDIAÍ, a maioria dos pacientes chegam se queixando de dor na lombar, mas logo admitem também sentir dores no pescoço, trapézio, ombros e na escápula. E como todas essas dores, isso pode afetar o ritmo e a qualidade da sua vida, atrapalhando as suas atividades diárias.

O problema

Geralmente, quem sofre com problemas cervicais pode passar meses ou até anos com esse problema, e, por isso, acabam apelando para qualquer tratamento. Entretanto, os resultados não são duradouros e voltam a aparecer rapidamente, independentemente de ter optado por tratamento com medicação, fisioterapia, quiropraxia ou rizotomia. 

E o problema não está nos procedimentos feitos, está na orientação dada, já que muitos médicos ou profissionais não orientam corretamente quanto à postura e exercícios que lhes permite controlar a dor. 

Como aliviar as dores no pescoço

Manter o alinhamento anatômico do pescoço e cabeça é muito importante para aliviar as dores no pescoço, afinal, mantê-lo curvado e olhando para baixo por muito tempo é uma das maiores causas de sobrecarga.

O alinhamento anatômico:

  • Mantenha a coluna ereta, com a orelha alinhada com seus ombros e mantendo o osso esterno (peito) “aberto”, olhando sempre para frente e não para baixo.
  • Muita atenção no momento de ler, assistir televisão ou ver o celular, pois são nesses momentos que mais descuidamos da nossa postura e ficamos com protrusão da cabeça e pescoço.
  • O celular, tablet e computador mal posicionados fazem com que passemos horas forçando os tecidos da coluna cervical, isso pode causar dores mecânicas ou lesões nos tecidos da coluna cervical, ocasionando as dores no pescoço.

Dicas para ajudar suas dores no pescoço e prevenir sua recorrência. 

  1. Sente corretamente: bumbum apoiado para trás com as costas encostadas na cadeira, que não deve ser inclinada. 
  2. Se você trabalha sentado, mantenha a lordose lombar apoiada em uma cadeira anatômica ou com um apoio do rolo lombar, que favorece a boa posição da cabeça e do pescoço. 
  3. Se você trabalha com computador, deve ter apoio dos punhos durante o tempo que está digitando.
  4. Procure ajustar a altura do monitor e do celular. 
  5. A cada 40 minutos a uma hora procure levantar. Depois de 5 minutos se movimentando em pé você já pode voltar para a sua estação de trabalho.
  6. Pratique o seguinte exercício três vezes ao dia: retraia a sua cabeça e pescoço mantendo por dois segundos de 10 a 15 vezes. Isso faz aliviar as tensões no pescoço e refaz a lordose cervical. 

E você? Sofre com dores no pescoço? Então entre em contato com a gente agora mesmo e agende a sua consulta.